sexta-feira, fevereiro 08, 2008

CAIÇARA

Olhando de cima, Trindade possui as curvas do meu amor. Suas praias claras lembram a sua pele; suas montanhas verdes lembram o seu coração esmeralda de bondade infinita; as rochas lembram a sua força e chegar até Trindade lembra o esforço que tive para encontrá-la, pois parecia que jamais a encontraria. Foram muitas subidas e descidas nessas voltas da vida até encontrar seus olhos cintilantes no escuro da noite da solidão e seu toque foi como ás águas do mar de Trindade batendo contra a rocha do meu peito, quebrando todas as muralhas e abrindo uma trilha que a levou direto ao meu coração.

Por vezes, estar ao seu lado é como flutuar nas águas do Cachadaço; outras vezes é como o mar bravio da Praia do Meio. Que Deus me livre e perdoe, se eu estiver exagerando, mas embora haja milhares de praias no mundo, assim como Trindade, meu amor é única e especial.

Raul estava errado quando dizia que todas as maçãs são iguais; pois estar com meu amor é deixar-se cativar; assim como a Trindade dos viajantes mais atentos, que se deixam encantar.

Faz 10 anos que a conheci, assim como faz 10 anos que coloquei meus pés nas praias de Trindade pela primeira vez, e mesmo que amanhã eu venha a banhar-me em outras águas, nunca esquecerei essa terra desse povo caiçara valente e dedicado; assim como não esquecerei meu amor, essa caiçara do céu cintilante, que a cada ano sempre surge com algo novo para me enfeitiçar e ensinar.


08 de Fevereiro de 2008

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

AmazingCounters.com
Overtons Marine Supply